Blog

Home office no Brasil chegou para ficar

A perspectiva é que entre as multinacionais, o crescimento do home office irá mais do que dobrar no 2º Semestre de 2020, cada vez mais se multiplicando nos próximos anos. Pequenas, médias e grandes empresas brasileiras, estão se preparando para conquistar o mercado internacional, e a demanda por profissionais que falem fluentemente o inglês está em forte crescimento. As vagas para quem fala inglês fluente estão em evidência, mas não se encontram candidatos qualificados com esse pré-requisito. Uma vez que agora, o profissional falante da língua inglesa, poderá se candidatar para mais vagas, também no exterior.

Pesquisa realizada pela empresa de consultoria Cushman e Wakefield e publicada pela Exame em 29/05/2020,  apontam que para 85% dos executivos a experiência do  trabalho remoto tem mais pontos positivos do que negativos, e que  73% das empresas pretendem instituir o home office como prática de definitiva no Brasil após a pandemia do corona vírus em 2020.

Por saberem da importância do inglês nas empresas, muitos mentem sobre o nível de conhecimento da língua para não perderem a candidatura das vagas, mas não tem resultado pois são facilmente detectados os erros de linguagem.  O maior problema é que no Brasil apenas 10% da população diz ter nível do básico ao avançado em inglês, porém apenas 5% falam inglês e apenas 3% tem fluência em inglês.

E de acordo com as pesquisas feitas pelo British Council e do Instituto de Pesquisa Data Popular apenas 5% da população do país falam a língua, sendo 1% deles fluente. De acordo com a pesquisa realizada os dados mostram que 91% consideram o idioma como a principal língua dos negócios, sendo considerado como um pré-requisito pelo RH das empresas.

No home office é importante aprender a mexer com plataformas, sites e aplicativos diversos e a maioria deles e seus tutoriais estão escritos em inglês e para conseguir utilizar essas ferramentas, você tem que saber ou entender o que está escrito nelas, e se mesmo assim você conseguiu dominar as ferramentas da internet pois muitas delas são intuitivas e de fácil manuseio, mas não dominar o idioma, não adiantará. Muitas empresas estão preferindo contratar pessoas que falam fluentemente o inglês e qualificá-las, do que contratar pessoas qualificadas, mas que não falam o inglês. E contratar profissionais que falem fluentemente o inglês, é prioridade, independentemente do nível hierárquico para qual a vaga é destinada.

Principalmente nas áreas de tecnologia, peças feitas na China, ou Eua, com manual em inglês, termos específicos que para quem não fala inglês demora dias ou meses, buscando entender com ajuda do Google, o que pode dar a entender muitas palavras com duplos sentidos ou sentido no contexto.

 Você já se imaginou trabalhando em casa fazendo seu próprio horário e ainda receber um salário satisfatório no final do mês, com mais qualidade de vida? Essa é a hora de acreditar em você, investir em conhecimento, na sua qualificação, na sua valorização, e na sua carreira. Lembre-se que falar inglês não é mais uma opção, e sim um requisito obrigatório, e se tornando cada vez mais uma exigência para mercado de trabalho em expansão internacional.

Se você está cansado de pagar mensalidade em escolas que só te ensinam gramática e te fazem decorar, decorar, livros e livros e você quando precisa utilizar o inglês, trava e não consegue pronunciar uma só palavra, pois tem insegurança, e falta auto confiança.

Na MERRIGAN ENGLISH esse problema será superado, você contará com professores nativos especialistas em ensinar e  que tem como propósito desbloquear o seu inglês, vamos te preparar para o mercado de trabalho, dando exercícios e desafios que você irá realizar no seu dia-a-dia de uma maneira tranquila, dinâmica e destravará o inglês sentindo-se confortável com o idioma.

Teste seu Inglês!